quarta-feira, 8 de março de 2017

ou quase

então é isto, ou quase,
pega-se o quê dito como base
e constroem-se outras frases
consagrando-se venal
como sendo virgem o flanco
mas,
nada há de original
fora uma folha em branco

- então, é isto
ou quase? -



- Lena Ferreira -

sábado, 4 de março de 2017

bendito seja

bendito seja o verso claro e puro
que tão preciso nos diz a que veio
liberto de excessos, sem rodeios
é incapaz de pôr-se sobre o muro
bendito seja o verso delirante
que tão instável nos sorri e chora
nascido prematuro e nessa hora
é incapaz de pôr-se sobre instante
bendito seja o verso que reclama
e nos confessa uma ou outra falta
como bendito seja o que exalta
o amor nas linhas que calmo derrama
bendito seja o verso vagabundo
como bendito seja o verso nobre
entre um e outro seja o que descobre
bendito quem gesta verso pro mundo


bendito seja - Lena Ferreira -


quinta-feira, 2 de março de 2017

abandono

num desfazer de conta é que me adono
e ajusto a ponta das coisas contritas
na busca pelo que possibilita
essa força irrestrita
onde, enfim, me abandono


- Lena Ferreira -

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

harmoniosa

ouço, disposta, as notas tuas que dão viço
e sinto a graça em volta do que tu professas
dançando harmoniosa com o que tu confessas
no santo altar das horas altas de sossego
desse teu cântico que quase se assemelha
ao de um pássaro noviço
diante de uma plateia dispersa



- Lena Ferreira -

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

como salmos

vêm calmos
lábios zelosos
guardiões dos silêncios mais discretos
beijam-te o verso
brisam-te o avesso
como salmos



- Lena Ferreira -